O que é um plano de marketing

“Se você não souber por onde ir, qualquer direção vale.”, assim como o gatinho de cheshire fala para Alice no livro de Lewis Carroll, as empresas são destinadas para o mesmo rumo, caso não planejem antes uma estratégia.

Parece estranho, mas só seguir a correnteza nem sempre leva ao melhor posicionamento, ou resultado, da empresa – caso seja esse um dos seus objetivos. Quando você tem um norte, é você que escolhe qual correnteza seguir.

Plano de Marketing é o documento que sintetiza o planejamento das estratégias de marketing para determinado período, incluindo objetivos, indicadores, análises, entre outras informações importantes para orientar a empresa.[1]

Não existe um plano de marketing pronto para sua empresa, é você que precisa escrever o seu, sozinho ou com ajuda de um profissional. O risco de somente copiar dos outros é que no longo prazo você fique em círculo.

O que é uma estratégia de marketing

Se de um lado você precisa ter um plano de marketing, do outro também uma visão clara de qual estratégia adotar ajuda a otimizar recursos e investimentos.

Estratégia de marketing é um conjunto de ações colocadas em práticas para atingir as suas metas de divulgação, vendas e construção de uma imagem positiva para a marca.[2]

Não ajuda traçar um plano, se depois não tem clareza de como vai colocá-lo em prática. Existem muitas estratégias no mercado e, para uma empresa pequena, é literalmente impossível colocá-las em prática todas e com ótimos resultados.

A “estratégia das estratégias de marketing” é selecionar as que fazem mais sentido para seus objetivos e em seguida ter um plano de execução e monitoramento para saber se estão funcionando e, eventualmente, como e onde intervir.

Como preparar o próprio plano de marketing

Para você preparar seu plano precisa de algumas coisas:

  • análise da empresa – saber quais os seus pontos fortes, que pode usar para alavancar seu negócio, e pontos fracos que precisa defender. Para este ponto (e o próximo) faça ou atualize regularmente sua Análise SWOT;
  • análise do ambiente – saber quais as oportunidades presentes no mercado que você pode desfrutar e quais as ameaças que precisa evitar. A análise SWOT ajuda e, mais do que tudo, a análise SWOT cruzada para já ter insight valiosos;
  • análise dos concorrentes – aqui você precisa entender quem já está no mercado, o que ele está fazendo e como isso pode ajudar ou prejudicar você. Às vezes é possível bater de frente, outras é melhor se diferenciar;
  • análise do público – já que suas entradas vem pelas vendas, importante é conhecer quem está comprando de você, traçar um ou mais perfis da sua “buyer persona” e aprofundar estilo de comunicação e preferências.

Quanto mais você pesquisar e se manter atento ao andamento do seu nicho de mercado, mais fácil será avaliar sua situação e mais insights poderão surgir pensando sozinho, em uma sessão de brainstorming ou ao longo de uma consultoria.

Criando a própria estratégia

Até aqui a gente só conversou sobre o que é um plano de marketing e estratégia. Caso você já tenha colocado as mãos na massa deveria já ter uma análise da sua empresa, concorrentes e clientes. Vamos ver agora três passos para elaborar a estratégia:

  • definição objetivo – saiba o que você quer e onde quer chegar. Não precisa ser definido com extrema exatidão, mas é importante que te permita entender claramente qual resultado você está procurando e, também, te faça descartar as coisas que não tem nada a ver. Uma ferramenta interessante é o objetivo SMART;
  • definição de trajetória, estilo e posicionamento – aqui você define como chegar no seu objetivo, de qual forma e quais percepções quer gerar na mente dos seus clientes. A trajetória pode ser através de conteúdos, anúncios, participações em eventos, etc. O estilo é mais sobre a comunicação: visual, irônica, elegante, institucional, etc. O posicionamento é a “palavra chave” (característica, qualidade) que será associada à sua marca na mente do seu cliente;
  • definição indicadores – último, mas não último, defina quais indicadores numéricos irão definir se você está se mexendo ou não, em positivo ou negativo. Pensa nos indicadores como no painel do carro. Você consegue saber a qualquer momento se está se mexendo, preparando-se para virar a direita ou esquerda, falta gasolina, etc. Na empresa é a mesma coisa com a implementação da estratégia.

Uma vez criada sua estratégia, o próximo passo é gerar uma lista de iniciativas para implementar esta estratégia e validar cada iniciativa para entender qual a melhor a ser aplicada. As que dão mais resultado, naturalmente, precisam ser escaladas.

Ter um banco de ideias bem organizado é importante para você conseguir ter um fluxo constante de iniciativas e saber como responder às ações da concorrência.

Como os OKR podem ajudar

Por ter obtido a certificação internacional sobre OKR, posso dizer que a metodologia ajuda muito em manter o foco nos seus objetivos e analisar o andamento da estratégia. A sensação que você tem uma vez implantada esta metodologia é de clareza no que está acontecendo e direcionamento. Aqui na Kestratégia usamos a metodologia OKR.

Conclusão

Quanto mais seriamente você pensa no seu negócio, mais você percebe que tem pessoas muito melhores no mercado. Elas têm algum super poder que você não tem e nunca terá na sua vida? Não (pelo menos, acredito que não).

Elas se conhecem melhor, conhecem o mercado e, principalmente, testam diversas abordagens mensurando os resultados o tempo todo. O que funciona é aprofundado, o que não funciona é arquivado como aprendizado para melhor definir as próximas ações.

Na medida que você eleva o nível da barra da sua entrega e pisa no acelerador do seu negócio, quanto mais estruturar seu marketing e vendas, mais rapidamente conseguirá se sobressair no mercado e alcançar seu posicionamento.

Sucesso!

 

Referências:

[1] Rock content – Plano de Marketing: aprenda todas as etapas e componentes essenciais de um planejamento de sucesso (acessado em 01/03/2021)

[2] Neil Patel – Estratégia De Marketing: O Que É e Como Vender Mais Em 2020 (acessado em 01/03/2021)

About the Author: Mirko Lamberti

Mirko Lamberti
Fundador e CEO da Kestratégia, empresa que entrega inteligência de marketing e comunicação para pequenas e médias empresas. A carreira de Mirko Lamberti começa como programador e analista de banco de dados profissional, para chegar ao ensino como professor de informática a processos operacionais e também consultor de marketing por mais de 15 anos. Hoje, graças à experiêcia técnica e à didatica adquirida ao longo dos anos consegue elaborar uma estratégia e acompanhar as empresas para conseguir os próprios objetivos de marketing.
Published On: março 5th, 2021 / Categorias: Marketing Strategy /

Vamos bater um papo

Entenda os pontos cegos do seu marketing e como alavancar seu faturamento.

Agendar agora